quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Especial pro meu amorzinho.

Convergência evolutiva


Num click de verdade

Superei a realidade

De um modo surreal

Perdi a noção das horas

E procuro na memória

Seu semblante matinal

Acho em meio tempo

O vento e o bom senso

Alastrando o batimento

Acelerado e impessoal

Fez-se um, dois corpos

Duplicando os esforços

De um amor à temporal

Encontros cardíacos

Dos pontos cardiais

No norte, suspiro forte

Buscando litorais

O coração de mais alguém

Entrelaçado por sul distante

Trocando por saudade

O que antes era amante.

Um comentário:

ultimocopo disse...

quem dera eu fosse seu amorzinho ainda :x